secretaria@ehr.ufmg.br | 31 3409 1870
27
ABR
2016

27/04/2017

comment : 0

MODELAGEM HIDRODINÂMICA E ECOLÓGICA DE RESERVATÓRIO METROPOLITANO DESTINADO À PRODUÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL

Mestranda: Laura Soares
Orientadores: Talita Silva/Nilo Nascimento
Quinta-feira, 27/04, 13h30, Sala 4401

Resumo

Lagos e reservatórios são mananciais estratégicos para o abastecimento de água potável. A manutenção da qualidade da água configura-se como uma das principais preocupações da gestão do recurso hídrico visando reduzir a vulnerabilidade a eventos que ofereçam riscos ambientais e sanitários. Os ecossistemas dos reservatórios situados em bacias urbanas e peri-urbanas são muito frágeis e vulneráveis às mudanças que ocorrem em suas bacias hidrográficas, devido a pressões antrópicas variadas que decorrem da complexidade social e da dinâmica de atividades econômicas. Soma-se a estas questões a expectativa de que mudanças climáticas afetem a temperatura da água de lagos e reservatórios diretamente através de condicionantes climáticas e indiretamente através de alterações no ciclo hidrológico. A modelagem hidrodinâmica acoplada à modelagem ecológica constitui-se em uma abordagem valiosa para prever o gradiente vertical de qualidade da água: a primeira calcula os processos de mistura e estratificação da coluna d’água; e a segunda representa os processos químicos e biológicos que afetam a comunidade fitoplanctônica. Considerando-se que os usos antrópicos na bacia hidrográfica e cenários previstos de mudanças climáticas podem afetar a qualidade da água em mananciais, o objetivo deste trabalho é simular o comportamento hidrodinâmico e ecológico de um reservatório destinado à produção de água para abastecimento humano e prever os impactos de possíveis cenários de mudanças climáticas.

 

 

Leave a Reply

*

captcha *